The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Atrito Superficial Negativo

O atrito superficial negativo é um efeito provocado pelo assentamento do solo que envolve a estaca. A deformação do solo à volta da estaca tende a puxar a estaca para baixo, reduzindo a sua capacidade de suporte. Em casos extremos, este efeito pode eliminar por completo à influência do atrito do furo. A estaca fica, então, suportada apenas pelo subsolo elástico abaixo da sua base.

O atrito superficial negativo Fs,nk,rep é dado por:

retained:

Op

-

periferia da estaca

n

-

número da camadas dentro da zona de atrito negativo

hi

-

profundidade da iésima camada

K0,i,rep

-

valor representativo do coeficiente do empuxo de terra em repouso

δi,rep

-

atrito entre o solo e a estaca na iésima camada

φi,rep

-

valor representativo do ângulo de atrito interno na iésima camada

σv,i-1,rep

-

tensão horizontal no solo na i-1 camada

σv,1,rep

-

tensão horizontal no solo na iésima camada

pi,a,rep

-

sobrecarga na iésima camada

Δσi,v,w,rep

-

variação da tensão vertical σv na iésima camada

tendo em conta a seguinte relação:

Se a superfície de deslizamento estiver definida, o valor do atrito superficial negativo Fs,nk,rep é dado por:

retained:

Op

-

periferia da estaca

hi

-

profundidade da iésima camada

ci,rep

-

coesão representativa da superfície de deslizamento

- para betume 10*103 N/m2

- para bentonite 20*103 N/m2

- para material sintético 50*103 N/m2

O valor da coesão representativa ao longo da superfície de deslizamento também pode ser introduzido diretamente pelo usuário.

Try GEO5 software yourself.
Download Free Demoversion.