The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Projeção Estereográfica

Ao definir a geometria da cunha e superfícies de deslizamento, o programa exibe cada superfície através da projeção hemisférica dos círculos de Lambert.

Princípio da projeção estereográfica (Projeção de Lambert)

Os ensaios de Markland utilizam a projeção estereográfica do círculo para a possibilidade cinemática da rotura em cunha de rocha. A geometria da cunha de rocha é definida na projeção estereográfica através do círculo que representa a superfície do talude e pelas descontinuidades das superfícies de deslizamento 1 e 2 (ver figura). O círculo de atrito também é visível na projeção. O ângulo de atrito das descontinuidades é medido a partir do norte e o centro do círculo é o centro do estereógrafo. A zona entre o círculo que representa a superfície do talude e o círculo de atrito é a área a sombreado na figura. Quando a linha de intersecção das duas descontinuidades (1 e 2) está na área a sombreado, a rotura cinemática é possível.

Possibilidade cinemática da cunha de rocha (Ensaio de Markland numa projeção estereográfica)

A visualização geométrica da cunha de rocha é um suplemento do ensaio de Markland. Isto permite aceder à projeção estereográfica da cinemática da cunha de rocha.

Ensaio de Markland

Try GEO5 software yourself.
Download Free Demoversion.