The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Verificação de Sapatas para o Cisalhamento

As sapatas são carregadas pelos momentos MSdx, MSdy e pela força de cisalhamento FSd, de acordo com:

onde:

A

-

área da sapata

V

-

força vertical desenvolvida no pilar atribuída

At

-

área hachurada da fig.

Dimensionamento da área de armadura para o cisalhamento At

O programa simula secções de controlo à distância "a" de 0,5d a 2d, no caso de sapatas sem armadura para cisalhamento. No caso de sapatas reforçadas, as distâncias são de 0,5d a 4d, onde d é a profundidade efetiva da sapata. A armadura para cisalhamento é considerada nas secções de controlo, que estão a uma distância inferior a 2d do pilar. As secções de controlo são consideradas em intervalos de 0,25d.

A tensão total τSd, em cada secção de controlo, é dada por 19.5.2,

K é obtido a partir da tabela 19.2

a resistência ao punçoamento da sapata sem armadura para o cisalhamento τRd1 é dada por 19.5.3.2

e, se necessário, a resistência ao punçoamento para sapatas armadas τRd3 é dada por 19.4.2, 15.5.4.

A resistência à compressão no centro do pilar τRd2 é calculada de acordo com 19.5.3.1. τRd2 depende das dimensões do pilar e da espessura da sapata.

Para τSd < τRd1 não é necessária armadura para cisalhamento.

Para τSd > τRd1 e τSd < τRd2 deve ser introduzida armadura para cisalhamento.

Para τSd > τRd2 a resistência para o cisalhamento não pode ser dimensionada. É necessário aumentar a altura da secção transversal.

A secção de controlo com o pior rácio de carregamento e resistência é considerada como a crítica e assinalada pelo programa.

Try GEO5 software yourself.
Download Free Demoversion.