The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Módulo Edométrico

Se os resultados do ensaio edométrico estiverem representados através da curva edométrica (Δε = f(Δσef )), torna-se evidente que para cada ponto da curva existe um rácio σef  /ε diferente.

Determinação do módulo edométrico Eoed

Se a curva tensão-deformação para um certo intervalo de duas tensões vizinhas σ1ef - σ2ef for substituída por uma linha secante, é aceitável assumir um comportamento do solo linear, dentro deste intervalo, e representar a compressibilidade do solo como Δσef/Δε - denominado módulo edométrico de deformação. O módulo edométrico de deformação é o módulo secante ligado a um dado intervalo de tensões σ1ef - σ2ef selecionado a partir do diagrama tensão-deformação Δε = (Δσef):

Em geral, o módulo edométrico de deformação Eoed tende a diminuir com o aumento do valor do intervalo de intensões. É necessário considerar, para cada camada, uma valor específico de Eoed, adequado a cada intervalo de tensões (do estado de tensão original ao final). Isto é considerado pelo programa através da forma de introdução de Eoed, onde é possível especificar, para cada solo, a curva edométrica respetiva (diagrama σef/ε).

No entanto, a partir da experiência prática sugere-se (para argilas, por exemplo) diferentes ordens de grandeza entre o valor de Eoed derivado a partir do módulo de deformação Edef e que é obtido a partir da medição in situ da curva de carga.

A relação entre Edef e Eoed é dada por:

onde:

ν

-

coeficiente de Poisson

Edef

-

módulo de deformação

Intervalo de valores aproximado para módulos edométricos de deformação Eoed para cada solo e intervalos de tensão típicos (prof. I. Vanicek: Soil mechanics):

Solo

Módulo edométrico Eoed [MPa]

cascalhos

60 - 600

areias mediamente densas a areias densas

7 - 130

coesivo

2 - 30

Bibliografia:

Vanicek, I.: Geomechanika 10: mechanika zemin. 3th edition, Prague, CTU, 2000, 229 s., ISBN 80-01-01437-1.

Try GEO5 software yourself.
For free, without analysis restrictions.