The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Método Ko

O método Ko permite o cálculo da tensão geostática ( etapa), quando é necessário um rácio particular entre as componentes vertical e horizontal da tensão. Por exemplo, ao lidar com solos sobreconsolidados, a tensão horizontal pode alcançar valores muito superiores em comparação com solos normalmente consolidados.

Ao adotar a análise normal, a tensão inicial é determinada através da aplicação do método dos elementos finitos. Modelos materiais não lineares podem ser utilizados para considerar a evolução de possíveis superfícies de rotura na etapa. No caso de uma resposta elástica, o rácio entre as componentes vertical σz e horizontal σx da tensão é dado por:

onde:

σz

-

tensão normal vertical

σx

-

tensão normal horizontal

ν

-

coeficiente de Poisson

Esta análise pode levar à evolução de deformações plásticas.

O método Ko gera apenas respostas elásticas. A tensão horizontal na etapa de construção é dada por:

onde:

Ko

-

coeficiente da tensão horizontal em repouso definido pelo usuário

σz

-

tensão normal vertical

σx

-

tensão normal horizontal

O coeficiente Ko é assumido como um parâmetro do solo. Se o parâmetro Ko não estiver atribuído, pode ser calculado a partir de:

As tensões resultantes podem, no entanto, não cumprir com a condição de plasticidade na etapa de construção, quando forem utilizados modelos materiais não lineares. A iteração de equilíbrio não é executada, mesmo que não ocorram alterações na etapa.

Try GEO5 software yourself.
For free, without analysis restrictions.