The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Grampos

Para cada grampo, as seguintes capacidades de suporte podem ser introduzidas ou computadas:

onde:

Rf

-

resistência da cabeça do grampo

Rt

-

resistência à tensão

Tp

-

resistência à compressão

As características de resistência do grampo representam os parâmetros básicos para computar a capacidade de suporte total do grampo.

A resistência à tensão do grampo é dada por:

onde:

Rt

-

resistência à tração

ds

-

diâmetro do grampo

fy

-

resistência do material do grampo

A resistência à tração do grampo pode ser calculada pelas seguintes formas:

1. cálculo através do atrito superficial:

onde:

Tp

-

resistência à tração do grampo [kN/m]

d

-

diâmetro do buraco

gs

-

força de ligação máxima, dada como parâmetro do grampo ou do solo

2. cálculo através da tensão efetiva

onde:

onde:

Tp

-

resistência à tração do grampo [kN/m]

d

-

diâmetro do buraco

σz

-

tensão geostática vertical

φ

-

ângulo de atrito interno efetivo do solo

c

-

coesão efetiva do solo

3. cálculo de acordo com HA 68/94

onde:

Tp

-

resistência à tração do grampo [kN/m]

d

-

diâmetro do buraco

σn

-

tensão horizontal efetiva média

φ

-

ângulo de atrito interno efetivo do solo

c

-

coesão efetiva do solo

A tensão horizontal efetiva média σn é calculada através da seguinte equação:

onde:

σz

-

tensão vertical geostática

onde:

O valor da resistência da cabeça do grampo deve ser introduzido. Se a cabeça do grampo não estiver fixa, então o valor da sua resistência é zero.

Try GEO5 software yourself.
Download Free Demoversion.