The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Teoria de Véas-Souche

A força crítica Ncr é calculada de acordo com a fórmula [1]:

onde:

lp

-

comprimento efetivo da microestaca (comprimento livre + 1/2 comprimento da raiz)

EI

-

rigidez à flexão do tubo de reforço da microestaca

Er

-

reação do solo na direção horizontal

m

-

número de meias ondas

A força crítica Ncr é considerada como a função mínima (2). Esta é alcançada para o comprimento de meia onda:

O número de meias ondas n baseia-se na fórmula (3):

O parâmetro adimensional ω é calculado de acordo com a fórmula (4):

onde:

lv

-

comprimento da microestaca acima da superfície do terreno

O outro quantificador adimensional é obtido através da fórmula (5):

A relação entre as fórmulas (3), (4) e (5) está descrita no artigo [2] através de gráficos. A força crítica Ncr é calculada a partir do quantificador adimensional (5), que é determinado a partir de gráficos para os valores conhecidos de ω e m.

Bibliografia:

[1] Timoshenko, S. P.: Theory of Elastic Stability, New York, 1936

[2] Véase, Souche: Étude du fla,berment de pieux partiellernent immergés dans offrant latéralement une réaction élastique pure, Annales de I’ITBTP, No. 423, Sene Soils et Foundations, 187, mars - avril 1984, str. 38 - 60 (in French)

Try GEO5 software yourself.
Download Free Demoversion.