The link was sent to your email.

We were unable send the link to your email. Please check your email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online Help

GEO5

Tree
Settings
Product:
Program:
Language:

Linha de Fluxo

A janela "Linha de fluxo" contém uma tabela com a lista de linhas de fluxo. A adição de linhas de fluxo é realizada na caixa de diálogo "Novas linhas de fluxo".

As linhas de fluxo adicionadas também podem ser editadas na Área de trabalho, através dos objetos ativos.

As condições de fronteira de fluxo devem ser definidas em todas as linhas de fronteira. Podem ser definidas as seguintes condições de fronteira:

a) Impermeável

b) Permeável

Pressão nos poros ao longo da linha é nula

c) Pressão nos poros

  • a distribuição da pressão nos poros p pode ser definida numericamente
  • a distribuição de pressão nos poros pode ser definida através da localização do nível freático (através da definição da carga total h)

d) Afluência/escoamento ao longo de uma linha q - definido em unidades de velocidade, ex.: [m/dia, ft/dia] - define-se a velocidade do fluxo para dentro/fora da região. O valor de origem corresponde a uma fronteira impermeável para a qual q = 0.

e) Superfície de infiltração - esta condição de fronteira é introduzida se não for possível dividir a fronteira numa parte com a pressão nos poros definida e uma parte com afluência/escoamento definido (o ponto de saída não é conhecido). Neste caso, a análise é realizada em dois passos. No primeiro passo, o programa localiza o ponto de saída. A análise de fluxo, com as condições de fronteira conhecidas, é, então, executada no segundo passo. Em alguns casos, ambos os passos necessitam de ser repetidos várias vezes. Quando se considera uma introdução de dados melhorada, o programa requer a introdução uma permeabilidade fictícia kv com unidades expressas em [m/dia]. Isto consiste essencialmente num termo de penalidade, geralmente um valor elevado, de modo a garantir que ao longo de uma fronteira impermeável o valor de h total é igual ao da coordenada y de um dado ponto (q = 0). Para uma parte da fronteira sem fluxo, admite-se kv = 0. As variáveis q e h estão relacionadas através de:

se h > 0 (S = 1) no interior do subsolo

se h < 0 (S < 1) no interior do subsolo

Nota: No caso de fluxo constante, a posição do nível freático é definido diretamente na primeira etapa de cálculo como condição inicial. Na etapa de cálculo seguinte, deve ser definida uma condição de fronteira com a pressão nos poros imposta constante ao longo das fronteiras abaixo do nível freático, em região de solo totalmente saturado, e não uma superfície de infiltração. No caso de uma superfície de infiltração, o programa classifica esta fronteira com pressão nos poros nula em vez da fronteira assumida originalmente, com a distribuição da pressão nos poros de acordo com a altura expectável do nível freático. Neste caso, a análise não é convergente, dado que a água em vez de escoar para fora do domínio com p = 0, terá tendência para afluir, o que não é realista.

Try GEO5 software yourself.
For free, without analysis restrictions.